Belém: 10 locais que tem de visitar! (2020)

Belém é um dos locais mais bonitos da cidade de Lisboa. Curiosamente não é tão procurado como o centro de Lisboa (baixa de Lisboa) mas é, na nossa opinião, uma área cheia de locais de enorme interesse.

BELÉM, LISBOA

Monumentos, museus, miradouros, jardins, restaurantes, o rio Tejo, um estádio de futebol (“os Belenenses”) e os famosos pasteis de Belém são algumas das muitas atrações turísticas de Belém. É diferente do resto da cidade de Lisboa. É uma lufada de ar fresco quando comparado com o enorme fluxo de pessoas e trânsito do centro da capital de Portugal.

belem lisboa

BELÉM – UMA PALAVRA CHEIA DE HISTÓRIA

É também um lugar cheio de recordações históricas. Começamos por explorar o nome do local. Como sabem, “Belém” é o nome do lugar onde nasceu o menino Jesus há 2 mil anos. Como é que este nome vem de tão longe até Lisboa? O local hoje chamado de Belém (em Lisboa) chamava-se antigamente “Restelo velho”. Foi no lugar do Restelo velho que o rei dom Manuel mandou construir uma torre (a torre de Belém), mas foi o Infante dom Henrique que mandou construir uma capela junto ao Mar (evocação a Santa Maria de Belém, a senhora do presépio). O objectivo era acudir aos mareantes que chegavam doentes e eram enterrados como animais em covas nas areias junto do rio Tejo. E foi assim que o antigo “Restelo velho” deu lugar a Belém.

Foi também muitas vezes pensado pelo Rei de Portugal (e por alguns chefes de estados pós monarquia), como uma espécie de “espaço sagrado” e espaço simbólico, tentando representar a unidade entre os portugueses.

Na exposição de 1940 (o mundo português) que aconteceu aqui (organizada pelo estado novo), foi mandado construir o padrão dos descobrimentos que integra figuras de todas as classes sociais (navegadores, clérigos, camponeses, nobres, colonizadores). Foi todo um país que se juntou na grande aventura dos descobrimentos.

ONDE FICA BELÉM? (Lisboa)

Se viajar de carro, em apenas 10 minutos estará no centro histórico da capital. São muitas as opções para lá chegar: bicicletas. trotinetes, autocarros, comboios e os famosíssimos elétricos são as possibilidades mais comuns.

O QUE VISITAR OU FAZER EM BELÉM?

Escolhemos 10 atracções! Poderíamos citar 12, 13 ou ainda mais. Mas optámos por seleccionar aqueles que, na nossa opinião, são os mais emblemáticos.

Antes de “mergulhar” nas atracções, dê uma vista de olhos no mapa que se segue para que possa aferir as distâncias e depois escolher a sequência do seu percurso. Bom passeio!

VISITAR A TORRE DE BELÉM

Um dos símbolos mais icónicos não apenas de Lisboa mas também de Portugal. É um monumento com mais de 500 anos de antiguidade. Foi em tempos um forte de defesa da cidade. Foi da praia junto à torre de Belém que partiram e chegaram muitas embarcações dos descobrimentos Portugueses.

Se quiser conhecer tudo sobre este monumento não deixe de ler o seguinte artigo: TORRE DE BELÉM: EMBLEMÁTICA E IMPONENTE!

PADRÃO DOS DESCOBRIMENTOS

Muitas pessoas tendem a acreditar que o Padrão dos descobrimentos é, à semelhança da torre, um monumento com muitos séculos. Incorrecto! O Padrão dos descobrimentos, bem como toda a zona do jardim da fonte luminosa, foi mandado construir por Salazar para a grande exposição do mundo português (anos 40 do século passado). Em cada face deste emblemático monumento, encontram-se estátuas dos mais notáveis portugueses de toda a história de Portugal.

Caso queira saber tudo sobre este magnífico monumento, não deixe de ler: PADRÃO DOS DESCOBRIMENTOS: CONHECE A SUA HISTÓRIA?

PASTEIS DE BELÉM

Começou a operar em 1837 e ainda hoje se vendem milhares de pasteis todos os dias. É um caso de sobrevivência – após quase dois séculos de existência – e um dos factos mais interessantes deste local. Diz-se que a receita dos pasteis de Belém é um segredo escondido. O certo é que os pasteis são deliciosos e as intermináveis filas de pessoas que os procuram são prova inequívoca da sua qualidade.

Só lhe encontro um problema… É impossível comer apenas um…

MOSTEIRO DOS JERÓNIMOS

Imponente e belo! O Mosteiro dos Jerónimos é um monumento com mais de 400 anos de idade (foi erigido no século XVI). Foi construído por ordem do rei dom Manuel I e a sua construção estendeu-se por mais de 100 anos. Tem o estatuto de Panteão nacional e dentro da sua impressionante nave (igreja) podemos encontrar os túmulos do grande poeta Luiz de Camões e do não menos notável navegador Vasco da Gama. É, desde 1983, considerado pela Unesco Património Mundial da humanidade.

mosteiro dos jerónimos belém

JARDIM COLONIAL OU JARDIM DO ULTRAMAR

O jardim botânico é também conhecido como “jardim do Ultramar”. É um jardim único pela sua especialização em flora tropical / subtropical. Lá podemos encontrar mais de setecentas (700!) espécies oriundas de todos os continentes do planeta terra.

jardim botânico belém

O jardim foi mandado construir como “jardim colonial” em 1906 pelo rei Dom Carlos I e teve como sua primeira “casa” o espaço que é hoje ocupado pelo jardim zoológico de Lisboa.

O jardim ocupa um espaço enorme que vai de Belém até ao início da Ajuda (ao longo de toda a calçada do Galvão). Tem uma área total de 7 hectares (ou seja, uma área equivalente a 7 campos de futebol). Fazem parte do jardim estufas, jardins, lagos, edifícios de apoio, espaços enormes para a arrumação do material e uma biblioteca. As aves do jardim são a sua imagem de marca. Lá encontrará galinhas, gansos, patos e claro, os pavões (uma das imagens de marca do jardim). Na minha infância morei muito perto deste jardim e encontrava pavões “fujões” quase diariamente. Para ser mais preciso, ainda hoje moro próximo e continuo a vê-los com frequência pelas ruas próximas ao jardim… Um deleite.

PLANETÁRIO CALOUSTE GULBENKIAN

É um sítio mágico que frequento desde a minha infância. Ainda hoje sinto o mesmo entusiasmo e o mesma paixão pelos mistérios do universo que o planetário tão bem nos dá a conhecer.

Fica perto do Mosteiro dos Jerónimos e em frente ao centro cultural de Belém. Abriu as suas portas no ano de 1965 e é parte integrante do museu de Marinha (ao lado do edifício do Planetário). O seu nome explica-se pela doação efectuada por Calouste Gulbenkian para ajudar na construção das instalações do planetário.

Em 1976, o ex-presidente americano Richard Nixon, ofereceu ao planetário uma pequena rocha lunar (colhida por um astronauta americano). Lamentavelmente, a rocha foi roubada em 1985 e não foi recuperada.

Hoje em dia, o planetário conta com um potente projetor de estrelas que consegue representar mais de 9000 estrelas e toda a nossa galáxia.

planetário belém calouste gulbenkian

O planetário tem atracções para todos: adultos e também as crianças têm sessões especiais para as suas idades e níveis de compreensão. Das suas instalações fazem parte um auditório de grandes dimensões, uma galeria com exposições temporárias e também uma biblioteca especializada.

JARDIM DA FONTE LUMINOSA – BELÉM

É o meu jardim favorito! Mandado construir por Salazar para a grande exposição do “Mundo Português” dos anos 40. O jardim conserva o seu traçado desde então.

JARDIM DA FONTE LUMINOSA BELÉM

Sempre que lá vou (e vou no mínimo uma vez por semana), sinto-me a viajar no tempo em direcção ao passado. No centro do jardim há uma fonte de água que muitas vezes é iluminada à noite proporcionando uma imagem de grande beleza. Lindíssimo!

ESTÁDIO DE FUTEBOL “OS BELENENSES”

Diz-se que o estádio de futebol do Restelo é o maior estádio do mundo! Sabe porquê? Porque nunca encheu!.. Esta é uma piada que pode irritar um pouco aqueles que, como eu, sofrem pelo seu clube do coração, o Belenenses!

O estádio do clube de futebol “os belenenses” fica no Restelo (junto a Belém). De lá têm-se uma vista magnífica para o rio Tejo e para a margem sul. Muitas vezes a qualidade do futebol praticado no estádio não é a melhor… Nesse caso podemos sempre apreciar a vista!

MUSEU DOS COCHES

O museu dos coches fica ao lado do palácio presidencial de Belém. O espaço que hoje alberga os magníficos coches, foi no passado uma instalação militar (oficinas gerais do exército).

Belém museu dos coches

O museu tem vindo a modernizar-se e hoje conta com o apoio de 28 écrans (alguns deles interactivos) e duas projecções que lhe dirão tudo sobre os coches em exposição.

A sua visita será ainda mais rica se instalar a App que lhe dará a possibilidade de ver o interior dos coches. Se adquirir o guia do museu terá a sua disposição toda a informação sobre as viaturas e tornar-se-á um autêntico especialista na matéria.

Horários: 10:00 – 18:00 (encerra às 2as-feiras)

MUSEU DE MARINHA

O museu de Marinha abriu as suas portas em 1863. Foi dom Luís que decidiu reunir um conjunto de peças relacionadas com a grandiosa ligação de Portugal com o mar.

O museu passou por diferentes espaços antes de se fixar em Belém, na ala Norte e Poente do magnífico Mosteiro dos Jerónimos. Tem como missão a preservação da memória e da história marítima portuguesa.

MUSEU DE MARINHA BELÉM

Fazem parte do museu o pavilhão das Galeotas onde poderá ver embarcações verdadeiras construídas há vários séculos. O museu tem uma exposição permanente com mais de 16 mil metros quadrados. São mais de 20.000 peças das quais apenas 6000 podem ser vistas pelo público. O museu tem ainda um centro de documentação com cerca de 15000 documentos e mais de 120 mil imagens reunidas num arquivo de imagem.

error

Enjoy this blog? Please spread the word :)

Follow by Email6k
Facebook5k