Cursos Inglês Lisboa [2019]

Se pretende aprender ou melhorar o seu INGLÊS em Lisboa nós podemos ajudá-lo!

O Lisbon Language Café tem uma metodologia conversacional e disponibiliza diferentes opções de acordo com o seu nível de competências.

Comece por realizar o nosso teste de Inglês e de seguida analise as diferentes soluções que temos para o seu nível.  Para testar o seu nível de Inglês clique AQUI.

Para mais informações sobre os nossos CURSOS INTENSIVOS de VERÃO, clique AQUI.

AULAS INDIVIDUAIS

Aulas-individuais-de-ingles-lisbon-language-café

Pack de 10 horas (individuais): 215€ (21,5€/hora)
Pack de 15 horas (individuais): 300€ (20€/hora)
– Pack de 10 horas (Grupo de 2 alunos): 300€ (15€ por hora/aluno)
Pack de 10 horas (combinado): 5 horas individuais + 5 aulas de grupo: 159€

As aulas individuais são ajustados ao nível e às necessidades dos alunos.
Local das aulas: Nas nossas instalações (Santos) ou na residência dos nossos tutores (centro de Lisboa).

Níveis: A1, A2, B1 e B2 | Horários: a definir | Aula Individual Experimental: 15,99€

No nosso site pode encontrar e utilizar GRATUITAMENTE CENTENAS de actividades didácticas! Experimente esta!

Clique AQUI para consultar o nosso REGULAMENTO GERAL.

CURSOS PROGRESSIVOS

Se vive em Lisboa e se quer aprender ou melhorar o seu Inglês, esta opção é perfeita para si. Este curso permite-lhe aprender e consolidar gradualmente à medida da sua disponibilidade. As nossas aulas são baseadas em conversação e complementadas com actividades gramaticais.

Níveis: A1 e A2

Duração do Curso: 4 semanas com possibilidade de progressão

Preço: 100€ (2 aulas de 90 minutos por semana)

Horário: 2as e 4as-feiras das 19h30 às 21h e 3as e 5as-feiras das 10h às 11h30 (pode juntar-se ao grupo todas as 2ª-feiras)

Número de estudantes: 2 a 5 alunos

AULAS de CONVERSAÇÃO (B1/B2)

aulas conversacao ingles

QUAL É O FORMATO DAS AULAS DE CONVERSAÇÃO de INGLÊS?

As aulas são lideradas por um professor Nativo ou Bilingue . Cada sessão conta com um número máximo de 4 alunos. As nossas aulas de conversação seguem uma estrutura não-linear. Clique AQUI para consultar o PLANO DE ESTUDOS das aulas de nível B1-B2)

Os alunos têm a liberdade de escolher as aulas que vão frequentar. As aulas de conversação estão organizadas em temas.  As estruturas gramaticais são ajustadas ao nível dos alunos. Poderá decidir quantas aulas de cada tema irá frequentar, dependendo dos seus interesses e das suas necessidades de aprendizagem.

DURAÇÃO das AULAS E PLATAFORMAS

Cada aula tem a duração de sessenta minutos. Poderá reservar todas as aulas através de email depois de comprar o seu pack de aulas. O poder de decisão sobre o que estudar e quando estudar é sempre uma decisão sua! O Lisbon Language Café baseia-se num método próprio.

Todos os nossos alunos têm também acesso GRATUITO às nossas plataformas de E-learning.  Aqui podem utilizar os nossos PODCASTS e as nossas listas de vocabulário para consolidar as suas competências gramaticais. As aulas de conversação são complementadas com um VIDEO (e uma ficha de trabalho) que está disponível para todos os alunos. As nossas plataformas E-Learning visam complementar e consolidar o seu processo de aprendizagem.

Clique AQUI para testar o seu Inglês.

No nosso site pode encontrar e utilizar GRATUITAMENTE CENTENAS de actividades didácticas!

QUAL É O SEU NÍVEL DE INGLÊS?

NÍVEL INTERMÉDIO: B1/B2 (normalmente os alunos que obtêm mais de 60% no nosso teste de Inglês)
O Lisbon Language Café disponibiliza-lhe várias aulas de nível Intermédio por semana com professores nativos.

Consulte o MAPA de AULAS para verificar horários e locais das aulas.

PREÇÁRIOS E FORMAS DE ADESÃO NAS AULAS DE CONVERSAÇÃO

1. Pack 10 aulas (válido por 12 semanas úteis de aulas): 105€
2. Pack de 10 aulas (válido durante 12 semanas úteis de aulas): 150€
3. Aula Experimental: 9,99€

Clique AQUI para saber tudo o que a comunicação social tem dito sobre o Lisbon Language Café.

PORQUÊ APRENDER INGLÊS COM O LISBON LANGUAGE CAFÉ?

aprender ingles lisboa

Aprenda Inglês com o Lisbon Language Café.  Faça progressos rápidos da forma eficaz e descontraída.

Conte connosco para atingir os seus objectivos! Independentemente da sua idade, do seu nível de conhecimento e dos seus objectivos, temos a solução certa para si.

Na maioria das escolas de Inglês os alunos falam e ouvem 25% da aula em inglês e nos outros 75% preocupam-se em copiar o que o professor escreve ou explica. No Lisbon Language Café baseamo-nos num método onde os alunos ouvem e falam durante toda a aula (aulas de conversação). Tal contribui para agilizar o processo de ensino-aprendizagem.

O nosso método assegura ao aluno uma compreensão total da língua inglesa sem perda de tempo. O aluno começa a falar inglês desde o primeiro dia de aulas. Utiliza  o idioma como meio de comunicação. Aplica o inglês todas as estruturas que normalmente utiliza no seu dia-a-dia.

Por ser um método baseado na absorção da língua de maneira natural, o aluno não se deve preocupar em compreender tudo de imediato. O processo flui da mesma forma em que ele aprendeu o seu próprio idioma. As assimilações surgem de forma gradual.

As nossas aulas de Inglês são também preparadas em função do nível de competências dos nossos alunos. Por isso estamos certo que as mesmas irão melhorar a sua confiança e a sua motivação para aprender Inglês. O nosso objetivo último é tornar a sua aprendizagem numa experiência de lazer e de interação social. Dar-lhe confiança para utilizar o seu curso de Inglês no seu quotidiano.

Por favor consulte o nosso Mapa de Aulas  para verificar o local e horário da sua próxima aula. O mapa  é atualizado e publicado no site e facebook todos os sábados.

PORQUÊ APRENDER INGLÊS?

O Inglês está em todo o lado! No nome de lojas e de produtos, nas músicas que ouvimos nas rádios, nos programas que vemos na televisão e, claro, na internet… E isso não acontece apenas em Portugal. O mundo atual, ou pelo menos o mundo ocidental, está conectado por meio da língua inglesa.  Ser um comunicador eficaz neste idioma é decisivo para a sua vida profissional e até pessoal. O inglês assumiu uma importância tremenda! Tornou-se a língua de referência para a comunicação, tanto para negócios como para lazer! Quem não fala inglês está excluído da comunidade global e do mercado de trabalho!

PROGRESSÃO

Cada aluno irá progredir de forma distinta dependendo de vários fatores:

  • A exposição à língua e à cultura
  • O conhecimento de outras línguas
  • A motivação
  • A capacidade de aprendizagem

5 MOTIVOS PORQUE DEVE APRENDER INGLÊS

1. Aprender e falar inglês já não é um fator de diferenciação, é uma obrigação!
80% das entrevistas em língua estrangeira são realizadas em inglês. Só 41% dos profissionais Portugueses conseguem comunicar sem dificuldades. De que grupo faz você parte?
2. Ganhe mais!
A diferença salarial para quem frequentou um curso de Inglês e se tornou fluente pode chegar a 34% para cargos de coordenação.
3. Inglês é realmente a língua universal
Inglês é o idioma oficial em 53 países e uma em cada quatro pessoas no mundo são fluentes na língua inglesa.
4. Livre-se de vez de legendas
Chega de legendas e aproveite os benefícios de assistir filmes na língua original.
5. Tenha mais acesso à informação
56% de todo conteúdo publicado na internet é em inglês. Ou seja, por não falar inglês você está a perder mais de metade de tudo que está a ser publicado na internet.

A QUEM NÍVEIS SE DESTINAM AS NOSSAS AULAS?

UTILIZADOR ELEMENTAR

A1 – No final deste nível o aluno é capaz de interagir de maneira simples.  Desde que o interlocutor fale de uma forma pausada e clara e ajude na conversação

A2 – É capaz de compreender frases isoladas e expressões frequentes relacionadas com áreas de prioridade imediata. P. ex.: informações pessoais e familiares simples, compras, meio circundante). É capaz de comunicar em tarefas básicas. Também sobre rotinas que exigem simplesmente uma troca de informação básica e direta sobre assuntos que lhe são familiares e triviais. Pode descrever de modo simples a sua formação, o meio circundante. E também referir assuntos relacionados com as suas necessidades imediatas.

UTILIZADOR INDEPENDENTE

B1 – É capaz de compreender as questões principais, quando é usada uma linguagem clara e simples. Também se os assuntos lhe são familiares (temas abordados no trabalho, na escola e nos momentos de lazer, etc.). É capaz de lidar com grande parte das situações encontradas na região onde se fala a língua em causa. É capaz de produzir um discurso simples e coerente sobre assuntos que lhe são familiares ou da sua esfera de interesses. Pode descrever experiências e situações, sonhos, esperanças e desejos. Expor brevemente razões e justificações para uma opinião ou um objectivo futuro.
B2 – É capaz de compreender as ideias fundamentais em textos complexos sobre assuntos concretos e abstratos. Incluindo discussões técnicas na sua área de especialidade. É competente em comunicar com um certo grau de espontaneidade e de à-vontade com indivíduos nativos, sem que exista uma tensão mútua. É capaz de exprimir-se de forma clara e pormenorizado sobre uma vasta variedade de temas e explicar um ponto de vista sobre um tema da atualidade. Expõe vantagens e desvantagens dos diferentes cenários.

ARTIGOS

artigos ingles

DOMINAR 3 IDIOMAS REPRESENTA UMA IMPORTANTE VANTAGEM COMPETITIVA!

A fluência em Inglês já não é fator de diferenciação mas sim um requisito essencial exigido pela maioria das grandes empresas. Atualmente a fluência em inglês é fundamental para qualquer profissão!
E será que o Francês, idioma também bastante exigido atualmente, também assume contornos de obrigatoriedade?
Cremos que, para a empregabilidade, é uma condição FUNDAMENTAL! O profissional que dominar outra língua para além da sua língua mãe e do Inglês acumula vantagens competitivas muito importantes. Mesmo que ainda exista a preferência pelo Inglês, o Francês tem vindo a aumentar a sua importância no mercado atual. Esta realidade é especialmente relevante no mercado do Turismo em Lisboa. Nesta cidade o número de Franceses tem aumentado vertiginosamente.

O QUE AS EMPRESAS DIZEM SOBRE ESTA QUESTÃO?

TESTEMUNHO DE UMA EMPRESA DE RECURSOS HUMANOS
“O conhecimento em Inglês é condição básica que, para a nossa empresa, funciona apenas como fator de diferenciação negativa.,Se esse requisito não estiver cumprido esse candidato fica geralmente afastado à priori. Os candidatos que, para além da língua mãe e do Inglês dominam um terceiro idioma ganham uma vantagem competitiva importante.  Este sim é um fator de diferenciação positivo.
Para muitas áreas de negócio, mais importante do que uma pós-graduação ou um MBA, é um bom domínio de 3 idiomas. Importa no entanto salientar que dominar bem um segundo e um terceiro idioma não é conseguir trocar algumas palavras mas antes conseguir comunicar eficaz e fluentemente nesse mesmo idioma. A nossa empresa é confrontada muitas vezes com candidatos que apresentam no seu currículo cursos de idiomas. No entanto, depois revelam-se incapazes de comunicar com sucesso e esse é também um outro problema que deve ser corrigido”.

2.APRENDER DOIS IDIOMAS EM SIMULTÂNEO

aprender 2 idiomas

Aprender Inglês e Francês (ou outros idiomas) ao mesmo tempo é um verdadeiro desafio. Mas em muitos lugares do mundo, as pessoas vivem em contextos multi linguísticos. O nosso cérebro é perfeitamente capaz de alternar entre línguas distintas. Na verdade o cérebro pode inclusivamente beneficiar de certas características especiais quando aprende Inglês e Francês ao mesmo tempo.

Algumas Dicas Úteis para quem quer aprender duas línguas em simultâneo:

1. Escolha dois idiomas que não venham da mesma família linguística. Os idiomas que estão estreitamente relacionados podem ser difíceis para aprender ao mesmo tempo na medida em que o vocabulário e as estruturas gramaticais são muito parecidas. Se escolher dois idiomas muito diferentes, como Inglês e o árabe, será mais simples mantê-las separadas na sua cabeça;
2. Comece a estudar a primeira língua várias semanas ou meses antes de começar a estudar o segundo idioma. Quando já tiver os conhecimentos elementares do primeiro idioma, sentir-se-á mais preparado para aprender a segunda língua. Os estudantes aprendem línguas de forma mais rápida depois de terem começado a estudar uma língua estrangeira.
3. Mantenha um registo escrito do vocabulário aprendido de cada idioma e reveja-o regularmente. Você pode fazer pequenos cartões e guardá-los com o vocabulário para cada língua. Você também pode ter um bloco para cada idioma e escrever novas palavras do vocabulário em cada caderno à medida que vai aprendendo. As revisões regulares mantêm as palavras presentes no seu cérebro e evitam confusões.
4. Tente manter diálogos com indivíduos nativos de cada idioma tendo como objetivo ouvir a correta pronúncia das línguas. Se achar que uma língua tem influência na outra, ouça com atenção os falantes nativos. Peça opinião sobre a qualidade da sua pronúncia.
5. Aprenda sobre os países onde cada língua é falado. À medida que vai aprendendo sobre a cultura, a história e as pessoas envolvidas nos idiomas, as expressões começam a fazer mais sentido e você sente a língua de forma mais natural. Será também capaz de manter melhor os dois idiomas separados na sua cabeça quando associar cada língua com uma cultura e povos distintos.

3.O SOTAQUE ESCOCÊS

sotaque escocia

No momento de optarmos por um novo destino de trabalho ou de intercâmbio académico, é comum pensarmos não apenas na questão da língua mas também do próprio sotaque. Na Escócia, bem como em todo e qualquer país, existe um sotaque único, peculiar e forte!
No entanto, é possível prever qual o tipo de pessoas, nacionalidades e sotaques que vamos enfrentar na nossa longa vida profissional?

Claro que a resposta é “NÃO”. Independente de onde optemos por viver ou mesmo da empresa em que trabalhemos. É impossível prevermos se vamos trabalhar somente com portugueses, americanos, canadianos, escoceses ou outras nacionalidades.

Importa sobretudo recomendar aos nossos alunos que tenham especial atenção não apenas aos sotaques mas também às culturas das outras nacionalidades. Quanto maior for a sua capacidade de entender diferentes sotaques, conhecer diferentes culturas e costumes, maiores as suas possibilidades de sucesso profissional. Tal facto dever-se-á precisamente ao facto de termos que encarar no futuro qualquer sotaque, nacionalidade ou etnia que tivermos pela frente.

As nacionalidades com sotaques mais peculiares proporcionam esse desafio profundamente engrandecedor. Aprender a afinar o nosso ouvido às mais diversas formas de pronunciar o idioma inglês. A opção por um país com sotaque mais forte e com menor incidência de Portugueses é uma excelente opção para garantir que a aprendizagem do idioma será intenso e abrangente.

O sotaque Escocês é de facto mais forte que o americano a que estamos habituados. Fica um pouco mais próximo do sotaque britânico, dependendo da região da Escócia. Tomemos como exemplo Edimburgo, cidade onde há uma grande concentração de ingleses a residir.

A experiência de aprendizagem na Escócia é, portanto, bastante completa e enriquecedora. Sem dúvida um excelente destino para se fazer um intercâmbio académico ou para aperfeiçoar a língua Inglesa através de uma imersão profissional!

4. Encontre um parceiro nativo se quer ser fluente em Inglês

aprender ingles parceiro

Estudantes de nível A1

Vai começar a estudar Inglês? Já está a estudar Inglês? Se a resposta é sim vai ficar contente por saber que este artigo o vai ajudar. Um parceiro nativo vai ser muito importante para atingir os seus objetivos.

Se está a começar a estudar a língua Inglesa e ainda é um aluno de nível A1, há muitas novidades para si. Neste momento o mais importante é expandir o seu vocabulário, aprender as bases da língua e consolidar os pontos chaves do idioma.

Enquanto completa o nível A1, o seu parceiro nativo não vai ser muito útil porque a sua capacidade para comunicar é tão baixa que as tentativas para conversar em Inglês vão ser um pouco frustrantes.

Não nos podemos esquecer que o seu parceiro inglês, apesar de falar a língua, não é um professor de Inglês. Isto significa que ele não sabe como o pode ajudar a melhorar o idioma porque ele não sabe que estruturas está a aprender.

Estudantes de nível A2

A partir do nível A2, as coisas melhoram porque o estudante já vai ser capaz de começar a comunicar um pouco com o seu parceiro. Não vai ser fácil porque as suas competências ainda são baixas.  Ainda vai sentir dificuldades para comunicar e encontrar as palavras e as estruturas na língua inglesa.

Não se esqueça que um aluno de nível A2 vai agora começar a sua viagem, o que significa que ainda não tem muitas soluções gramaticais. Não espere fluência! Tente ser eficaz quando comunica em Inglês. Se conseguir compreender e se conseguir fazer-se compreender será já muito bom neste ponto da sua aprendizagem da língua inglesa.

Estudantes de nível B1

Neste patamar de aprendizagem tudo melhora e se torna mais interessante. No final do nível B1 vai ser capaz de compreender bastante bem um nativo inglês. Aqui o seu parceiro vai ser crítico no desenvolvimento da sua fluência em inglês. Como professores, podemos garantir-lhe que deve criar uma rotina de comunicação diária ou semanal com o seu parceiro. Pode falar inglês 3 dias por semanas ou todos os dias à noite. Mas tem de falar! Tem que encontrar uma forma de comunicar! É a única solução que os estudantes têm para melhorar a sua fluência na língua inglesa.